artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Terça - 27 de Junho de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


Um pouco da minha vida aos manos

Por: Leonardo Lopes

E ai galera sou um cara que mora na zona leste gosto de rap nacional e americano tenho 30 anos e admiro os mano do racionais mcs rap wood ndee naldinho e outros . Pois bem cresci aqui em guaianases-desde os 11 anos e apanhava muito de outros manos,pois antes morava em Guarulhos e depois tive de passagem pelo itaim Paulista , era um menino como todos os outros, só que não tinha noção do que era a vida na periferia,foi aqui em guaianases que eu humildemente aprendi a lei da sobrevivência entre os irmãos do gueto,fui ficando esperto,colei com vários irmãos de correria,nunca fiz uma fita ,nunca matei ninguém,mas não corria de treta quando um mano estava em apuros trocava uma idéia com os rivais e tudo passava,pois tinha amizade e acima de tudo respeitava os mano,para ser respeitado também,sabe sou de uma familia humilde,meu pai sempre foi pedreiro,minha mãe sempre doméstica,a vida não foi tão facil e não tem sido tão facil pra mim,sabe tive muitos irmãos na vida,todos por consideração,algumas vezes quis passar para o lado escuro da vida seguindo os meus irmãos da periferia que sem uma chance de vencer na vida partem p/ o crime porquê,se falam em uma entrevista que moram num, bairro muito pobre são discriminados pelos que deviam o empregar,experiencia minha que aos 18 anos fui no brás procurar emprego ,e entrando numa loja vi a placa precisando de ajudante,quando falei com a coreana ela me disse que a placa não valia mais,fiquei injuriado e disse: porque não tirou esta placa dai .fui embora pensado em expulsar todos os estrangeiros do meu pais, pois chegam aqui com alguns dolares e enchem o rabo de dinheiro enquanto o meus iormãos da periferia pastam na miséria na fome na pobreza,sabe galera que Deus nos ajude,a superar estas diferenças que jogam nossas crianças e nossos jovens nas drogas e nos roubos, pois os culpados de verdade o governo corrupto e covarde é o maior culpado pelo preconceito pela hipocrisia pela falta de atenção a todos nós povo sofrido dos bairros e favelas da periferia seja ela onde for sul-leste -oeste-norte em qualquer lugar .

Eu quero que esta carta venha circular entre todos os irmãos dos gueto para que vocês se unam procurem juntos fazer com que os governantes venham a tomar coragem de investir no nosso povo que busca uma solução muitas vezes enganados por homens que prometem o que na verdade nem eles mesmo sabem como obter recursos para nos ajudar ,Através desta carta me lembro de todos os que se foram buscando no crime uma solução para mudar de vida mas infelizmente só encontraram um destino cruel que marca não só a vida de suas familias mas tambem a nossa pois foram nossos irmãos que se jogaram à sorte , sorte quê... acabou com seus sonhos de vencer na vida e se transformou em um grande e triste asar, que se repete a cada minuto,a cada hora ,a cada dia ,a cada ano ,seja nas mãos da policia ou dos trairas ou por causa da farinha ou do bob penhorado na bocada ,um conselho vos dou amigos se usarem drogas não façam divida na boca faça um bico se não quer roubar,não roube pai de familia do seu bairro,não entre na casa do vizinho,não roube varal,controle sua vontade faça um esporte procure uma igreja um amigo para se aconselhar,arrume um jeito de se sustentar sem dar uma de pipoca ,não fale demais mas também não seja vacilão. Primeiro fica na sua se os manos optaram pelo errado não critique-os peça a Deus por eles pra que Deus os livre do mal e tenham um esclarecimento de si próprios e lutem não para piorar mas para melhora suas vidas e se deêm o devido valor,valor este que só quem lhes dá é Deus que os guarda.Espero que os manos que lerem isto pensem um pouco no que estou enviando pois se vivo hoje é porque vi que tudo neste mundo é apenas uma grande ilusão tanto a riqueza ilicita como a riqueza licita ,a maior riqueza que nos temos é o dom da vida mesmo que se passe mas se tentarmos enquanto estamos vivos certamente quando morrermos talves seremos lembrados depois de alguns anos como alguém que tentou ter dignidade ,um abraço pra todos do capão .de Guaianases-Carlos.

História enviada por: Carlos Alberto da Fonseca (renatokl@hotmail.com)

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato