artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Sábado - 21 de Outubro de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


Conselho

Por: Leonardo Lopes

Capão ,o que a gente ouve falar do Capão e´aquilo que não e´novidade pra ninguem que e´um dos bairros mais perigosos do mundo que e´facil encontrar corpos na calçadas entre outras coisas que os manos da periferia ta ligado mas o capão não e´so morte tiro tetras capoão e´como a periferia de qualquer lugar onde moro tambem tem trafico tetras por causa de mina e gente certa e gente errada mas nos não temos que ter orgulho de tais situações e ficar batento no peito se achando o foda so por morar em uma quebra perigosa pelo contrario temos que fazer tudo que estiver ao nosso alcance para mudar então em vez do manos ficar contanto com voz de empolgação historias de crimes achando isso muito louco vamos falar de empolgação de historias modestia parter como a minha que filho de empregada domestica conseguiu entrar em uma faculdade ou de alguns manos meus que vieram da bahia moraram em teto feito de lona e hoje são pos graduados vencendo a barreira da cor da pobreza não precisa eu ficar citando nossas barrieiras que quem vive na periferia ja sabe qual e´então manos e minas vamos mudar nossos idolos não vamos pagar pau pra midia que fica empurrando pra gente coisas de que você tem que ser o melhor ter o melhor carro a melhor roupa namorar tal mina não seja ostentor se você e´desses que pensa que pra ter mina tem que ter carro pensa se uma mina quer quer carro vale a pena você mina que gosta so de cara que tem carro pensa se vale a pena se vender pois mulher que se vende pra mim tem outro nome musica da periferia e´o rap mas não ser apenas baba ovos de Racionais que nem vejo muita GENTE fazendo por ai ouvindo o som dos caras sabe todas as letras do cd de tras pra frente mas nem sabe oque esta escutanto qual a mensagem vamos ouvir eentender ,Eguinha pocoto , lacraia axe isso tudo e´alienação e povo alienado não tem conhecimento não tem opnião formada dai fica facil prosistema nos empurrar tudo que lhe convem vamos ler jornal revistas e tal Espero que este toque faça você refletir sobre sua vida sobre sua quebra e tudo que passa ao seu redor Um abrço pros manos e um beijo pras minas.

História enviada por: Gian Jakson Pablo (ryoje@ig.com.br)

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato