artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Terça - 27 de Junho de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


À vida não é conto de fada

Por: Leonardo Lopes

È Tudo comecou em 1996 eu era uma crianca extrovertida alegre cheia de vida eu era muito feliz ai um dia minha vida comecou á tomar outro rumo meu pai e minha mãe se separaram apartir desse momento o ódio a raiva comecou á crescer dentro de mim .

E nisso comecei á sair escondido do meu pai , aí conheci uns mano da vida louca comecei a me involver com drogas armas tudo o que vc pode imaginar de uma crianca alegre extrovertida passei á ser uma pessoa fria coracão gelado e meus pais inves de me ajudar eles me deram ás costas so me julgava me batia aos 15 anos de idade minha mae nao me suportou mais e pois eu pra fora de casa fiquei 4 dias dormindo na rua ate que a mae do meu pai foi me preocurar e levou pra casa dela eu fiquei morando com ela por 3 meses mas foram 3 meses sem pisar o pe fora de casa ela me trancava dentro de casa e nao tinha como eu sair mas foi bom larguei das drogas ai voltei a morar com a minha mae pensei que tudo ia mudar mas nao so pra me bater joga na minha cara que eu era um bandido inves do meu odio diminuir so aumentava cada dia mais foi que um dia eu quase mato meu pai dei uma facada nele por sorte ele nao morreu e tambem nao fui preso, mas eu fui forte nao voltei pras drogas apesar de continuar sofrendo eu fui mais forte que ela nao vou mentir a maconha me chamava a todo instante, mais eu resisti ai aos 17 anos minha vida comecou a mudar reecontrei uma colega de escola que estudou comigo na 3 serie ela tinha 19 anos ela veio passar feria com a vó ai nos comecamos a ficar juntos ao lado dela eu me sentia feliz ela me dava carinho amor copreedia o meu sofrimento mas quando ela falo que morava na europa eu fiquei muito triste eu nao acreditava que eu ia perder uma pessoa tao maravilhosa como ela mas ai ela me chamou eu pra morar na europa eu aceitei mas tinha um problema eu tinha 2.780 mil reais eu esperei ficar de maior pra ir e hoje eu moro na Suecia ha 4 meses nos se casamos e ela esta gravida de tre meses e hoje eu sou o cara mais feliz do mundo. seja forte nao seja um fraco como eu fui seja o problema que for seja forte.

 

História enviada por: Fábio calvisio rodrigues (fabio_calvisio@hotmail.com)

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato