artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Sábado - 21 de Julho de 2018
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


Por: Elias Lubaque

Algo na minha vida mudou de uns dias para ká, é como se eu estivesse escultado o chamado, chamado de uma força desconhecida, misteriosa, mas que me trouxe reflexão!!! Não consigo e nem posso fechar os olhos para as falsas contradições da vida, dos enganos, e das dores dos seres humanos. É como se eu estivesse cortando meus pulsos, que se esvaem em sangue, depois de um suicídio melancólico... É ver as drogas proibidas fazendo furtunas, enquanto o álcool legalizado mata nossos pais e nos deixam órfãos. É ver os fabricantes de cigarros ganhando bilhões e matando de câncer e outros máles, milhões de seres humanos. Consumindo-os aos poucos como se fossem vermes, nada mais que vermes. A dor nos olhos de miseráveis esquecidos e abandonados num mundo rico e cheio de esperança, que acolhe a todos e tudo, mas que os homens "devoram" e o destrói com o poder do egoísmo. Que mundo louco é esse? Que as pessoas são totalmente individualistas e extremamente "robotizada" por um sistema capitalista, que só querem somente ganhar, tirar vantagens. Que não tem amor pelo próximo e nem compaixão por si mesmo, se desgastando como nunca, mas um desgaste mental e espiritual. Devemos acordar e ver para onde estamos indo, matando nossos pais, irmão e matando a nós mesmos. O diagnóstico será apenas um, o fim, a estinção da raça humana, o holocausto. As profecias estão acontecendo se realizando e o ser humano está se viciando, como se fossem o centro dessa terra abençoada, por Deus. Ho! Domminus, tenha piedade de todos nós...

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato