artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Quarta - 22 de Novembro de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


Uma arma letal

Por: Marco Garcia

Não são apenas armas de fogo que tiram vidas. Outra arma muito utilizada no mundo tem alto poder letal: O descaso. Homens, chefes de nação, estão deixando que vidas se percam por não darem a atenção devida a um problema que existe desde que o mundo é mundo. Os EUA, país de maior potência econômiica mundial, gasta com armas bélicas, valores que superam o famigerado PIB brasileiro(todo dinheiro que circula em terras tupiniquins), e não move um dedo para tentar salvar os milhões de pessoas que morrem, anualmente, de fome na África.

O governo do presidente Lula tenta ajudar, enviando aviões lotados de mantimentos àquela região, mas não dá a mesma atenção ao nordeste brasileiro que sofre com a falta de comida que a seca promove. Um total descaso. Ao ajudar a África o governo brasileiro faz por interesse próprio. Há tempos que Lula sonha com uma vaga permanente no conselho de segurança da ONU. Portanto, seu gesto não é uma ação humanitária. O que o nosso “querido” presidente precisa entender é que, para ajudar o vizinho , antes precisamos ter a nossa dispensa repleta e a nossa família bem nutrida . Deixe que os países que querem o domínio mundial, que juntos possuem mais da metade do dinheiro do mundo, alimente toda aquela região africana. 

Portanto, o descaso está aí para que os chefes de estados façam uso em causa própria. No século 21 se se transformou em uma arma de destruição em massa. Ironicamente, enquanto os EUA vasculhavam o Iraque à procura de tais armas para legitimar uma iminente invasão, a tal arma existia, mas não em território iraquiano. Ela estava e está,`a vista de todos, no salão oval da Casa Branca.

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato