artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Terça - 30 de Maio de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


Panis et circus

Por: Alessandro Thiago da Silva Luz

“Panis et circus” 12/06/2006 O termo remonta fatos de meados do ano de 70 da nossa era, conseqüentemente o ano de início da construção do Coliseu, nome geralmente dado ao anfiteatro flaviano entre o Palatino e o Caelius, foi iniciado por Vespasiano, e finalizado pelo seu filho, Domitianus. Mesmo assim este é um termo muito contemporâneo e que representa muito a realidade de nosso país, pelo menos à parte que diz respeito ao “circus”. Pois até para copiar este sistema político não houve competência. Mais uma vez se aproveitando do grande tesouro, muito maior que mensalões ou qualquer verba desviada, “a alienação da grande maioria da população”. Fruto da negação propositada a educação para que a mesma não se revolte com tanta corrupção. Em meio a tanta sujeira, como a carga tributária exorbitante e nenhum repasse por mínimo que seja de qualquer que seja o benefício, mensalões, desvios, uso indevido de dinheiro público, gastos estratosféricos com combustível e manutenção em geral de gabinetes, além de nepotismo é claro, impunidade escancarada e até mesmo deboche. Está o “circus”, vejo as pessoas discutindo sobre aquela novela chamada BBB, preocupadas em quem será o líder ou quem será eliminado desta vez, chegam a se preocupar com os horários para não perderem nenhum momento e até mesmo a comprar pacotes pay per view com o tal “conteúdo” exclusivo, ai eu pergunto, mas onde está o conteúdo? Não consigo ver, o que mais me impressiona são pessoas que tiveram acesso à educação muito mais do que outras, e também estão hipnotizadas com isso. Mas o que mais irrita são os pseudo-intelectuais, dizendo que é uma grande experiência antropofágica. Concordo se realmente fosse tudo realizado por natureza, sem edições ou roteiros. Passaram-se quatro anos, copa novamente! Época que todo mundo vira patriota, impressionante! Enquanto todos estão ocupados vendo os jogos (nada contra, gosto muito de futebol, timão até o fim!), preocupados com escalações, bolhas, peso de jogadores, a roubalheira corre solta, mais do que habitualmente, assim como ocorre no carnaval. Onde entra o pão (panis)? Também me pergunto, talvez seja o programa “renda (esmola) mínima” ou o tal “fome zero”, atingindo aproximadamente 40 milhões de brasileiros, talvez isso explique as intenções de voto nas pesquisas. Na minha opinião e acho que na de muitos também, o nosso povo não precisa de esmola, precisa de educação o que dará condições de conquistar trabalho, saúde e tudo o que tem direito através do seu esforço e reivindicando o que tem direito. Só quero deixar registrado que não sou PSDB e muito menos PT, sou contrário a toda essa palhaçada só isso.

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato