artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Terça - 25 de Abril de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


O sofrimento passará

Por: Sônia Carvalho

Em muitos momentos da vida são tantos os problemas que fica difícil acreditar que as nuvens irão embora.

Somos surpreendidos por inúmeras dificuldades, tudo parece conspirar contra nós e ficamos com a impressão que o nosso destino é mesmo o fundo do poço. Sentimo-nos paralisados diante de tantas adversidades.

É a pessoa que amamos que vai embora

É a doença que corrói o corpo.

É a perda de um ente querido

A calúnia que nos atinge.

A escassez dos recursos financeiros.

Os atritos profissionais.

A angústia que dói.

A palavra amarga que vem em nossa direção.

Os sentimentos negativos que nos envolvem.

Os sonhos desfeitos

A dor que queima a alma.

A insatisfação pessoal diante a vida.

A perda de um emprego.

A traição que fere.

A indiferença que machuca.

O acidente que modifica tudo.

A depressão que se aproxima.

O sentimento não correspondido.

A concorrência desenfreada

A solidão crescente

As decepções sofridas.

Sim, muitos são os fatos que nos fazem pensar se realmente vale a pena continuar a trilhar um caminho repleto de espinhos.

A vontade de desistir mostra-se muito forte.

Mas é nesses momentos que devemos parar por alguns instantes e permitir que a fé nos mostre que ainda há uma luz a nos guiar, que a esperança não morreu, pelo contrário, ela permanece mais viva do que nunca.

E que diante de qualquer dificuldade, por maior que possa ser, devemos sossegar a mente e procurar ouvir o que o Pai quer nos dizer.

Porque cada sofrimento pelo qual passamos, na verdade, nada mais é do que um aprendizado que Deus nos submete.

E após cada aprendizado, sempre nos tornamos pessoas mais evoluídas espiritualmente. O sofrimento depois de cessado dá lugar a serenidade.

E serenos, podemos compreender o que a dor que estamos enfrentando quer nos ensinar e em muitos casos, talvez nos mostrar o quanto privilegiamos erroneamente apenas os bens materiais.

E devemos também, compreender que esses sofrimentos não são castigos de Deus, porque jamais ficamos desamparados nessa jornada, sempre haverá uma luz a nos guiar.

Sempre haverá uma voz a nos incentivar.

E o Pai jamais faltará...

Por isso, se hoje os espinhos ferem o corpo, é para que amanhã, o espírito torne-se mais evoluído.

E nos momentos de aflição lembremos que tudo passará.

Assim como a ostra que quando tem a pele interna ferida, sabe aguardar o tempo passar e transformar a sua ferida em uma bela pérola, devemos compreender que os sofrimentos que hoje nos machucam, com o tempo, irão se transformar em lições de vida.

Então não nos desesperamos, o sofrimento passará e iremos continuar a nossa jornada, mais confiantes e evoluídos, sabendo que muitas serão as transformações pelas quais a vida nos fará atravessar.

E as dificuldades que hoje nos machucam, amanhã irão nos fortalecer e assim como as pérolas que brilham, também irão trazer mais luz para a nossa caminhada...

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato