artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Quinta - 20 de Julho de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


A Estação da Luz fica ainda mais iluminada com o Museu da Língua Portuguesa.

Por: Gisele Alexandre

A Estação da Luz fica ainda mais iluminada com o Museu da Língua Portuguesa.

(Por Gisele Alexandre)

 

A primeira mostra do Museu da Língua Portuguesa homenageia uma das maiores obras da literatura brasileira: Grande Sertão Veredas, de Guimarães Rosa.

 

O prédio centenário da Estação da Luz, construído pelos ingleses e inaugurado em 1901, impressiona seus visitantes por seu traçado arquitetônico, engenhoso, além de inspirar  arte e cultura. Localizado no interior da Estação da Luz, o Museu da Língua Portuguesa, tem como objetivo surpreender o público com aspectos interessantes e curiosos do idioma utilizado por mais de 270 milhões de pessoas.

Em destaque, o Museu homenageia a obra literária Grande Sertão Veredas, de Guimarães Rosa, em uma mostra que reproduz páginas do livro em varais, paredes, barris cheios d’água etc. Em um do últimos ambientes desta grande sala, Maria Betânia, nos empresta sua bela voz e lê as 14 últimas páginas deste livro mais do que especial.

Na entrada do saguão dos elevadores, os visitantes conhecem a Árvore de Palavras. Criada pelo designer Rafici Farah, a escultura de 16 metros de altura, proporciona uma experiência sensorial, trazendo em um modo único de nos apresentar a história de nossa língua, desde suas raízes.

Na Grande Galeria, o português é apresentado em forma de vídeo. O espaço lembra uma estação de trem, porém, ao invés de simples vagões, os visitantes se deparam com um telão onde são projetados 11 filmes simultaneamente, com cenas do cotidiano brasileiro onde podemos perceber todas as influências que o português falado adquiri no dia-a-dia.

No espaço Linha do Tempo, uma enorme painel, nos mostra toda a história de nossa língua, através das inúmeras pesquisas, desde o seu início, há 40 mil anos antes de Cristo.

O divertido Mapa dos Falares, trás uma maneira divertida de conhecer os diversos sons que o português falado tem no Brasil. Além disso, o Jogo de Etimologia é outra maneira criativa e divertida que o Museu trás para ensinar a língua portuguesa, Neste jogo, as palavras geradas em uma mesa futurista, podem ser “capturadas” pelos visitantes, que após brincarem com a captura, aprendem o significado da palavra.

Dentre as diversas atrações culturais, o museu conta ainda com a Praça da Língua, um anfiteatro com arquibancadas, onde as pessoas podem se maravilhar com clássicos da prosa e da poesia, que são narrados por cantores, escritores, artista etc, que são acompanhados por sons e imagens projetadas em todo o local.

O Museu da Língua Portuguesa está aberto de terça a domingo, das 10h as 18h, com entrada até às 17h. Os ingressos são adquiridos na entrada do Museu a R$4,00 e R$2,00 (estudantes), crianças até 10 anos e pessoas acima de 60 anos não pagam.

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato