artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Quarta - 22 de Novembro de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


CARTA A UMA AMIGA...

Por: Nathalia Moura da Silva (POIA)

Carta a uma amiga...
De onde puder me ouvir, lembre-se e relembre. Minha pequena amiga, minha grande amiga. Antes de chegar a hora, quero avisar você de algumas coisas muito simples, porém importantes. Coisas sobre o mundo, sobre as pessoas e sobre você mesma.

Mantenha-se inocente. Você vai crescer, vai mudar e vai aprender. Poderá odiar a rosa, por causa dos seus espinhos ou poderá aceitá-la, compreendê-la e aproveitá-la da forma correta. As pessoas boas sofrem, minha querida. Mas as pessoas más, também sofrem. Por isso, será difícil saber quem é bom ou mau de fato. O importante é aproveitar cada experiência, sem permitir que acontecimentos passageiros, roubem a sua inocência, a sua essência natural. A maioria das coisas será com você, conforme permitir.

Multiplique a sua bondade, enquanto a maioria (por ou sem querer), multiplica a própria maldade.

Nunca espere. Mas tenha paciência. Quando sentir-se
De onde puder me ouvir, lembre-se e relembre. Minha pequena amiga, minha grande amiga. Antes de chegar a hora, quero avisar você de algumas coisas muito simples, porém importantes. Coisas sobre o mundo, sobre as pessoas e sobre você mesma.

Ame. Procure cuidar das pessoas, mesmo quando ninguém cuidar de você. Aí, Deus será seu companheiro, pois todas as outras pessoas já receberam um consolo. A maioria das respostas estarão dentro de você. Será mais difícil encontrá-las, mentindo para si e para os outros. É mais fácil amar. O “amor” é um sentimento, um substantivo comum. Amar é um verbo, e requer atitudes (do contrário será “algo” bastante egoísta). Queira bem quem se opõe a você, pois sendo verdadeiramente abençoados e felizes, terão menos motivos para te odiar, deixando até de serem inimigos (Deus também está neles).

Multiplique a sua bondade, enquanto a maioria (por ou sem querer), multiplica a própria maldade.

Descobre-te. Apesar da moda, das regras, dos medos e dedos, sê tu mesma. Ouve de quem te ensina coisas com sentido. Assiste menos tevê e conversa mais. Sozinha, reflete. O amor-próprio é puro, altruísta e pleno de valores sãos. Diferente do egoísmo, indica o ponto luminoso da sua autenticidade, eleva a consistência da sua personalidade, colabora com os princípios divinos do amor ao próximo (ah, você irá conhecer pessoas com pouco amor-próprio, colocando-se em risco e tentando colocar-te a perder — ajude-as sem se enrolar, diferente de mim em muitos casos).

Crê em Jesus, o messias e guarda as suas palavras, os seus mandamentos (a saber só dois, pequenas sementes, porém completas para frutificar salvação e vida eterna). Faz do meu Mestre, o seu.

Feito por: Eu!!! Nathalia Moura

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato