artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Sexta - 15 de Dezembro de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


Ei Amy, aprenda algo com Whitney!

Por: Leonardo Lopes

Amy Winehouse, jovem cantora, talentosa, com um estilo único e com uma carreira brilhante pela frente, com uma perspectiva de muito sucesso. No entanto, sua vida se encontra um caos total por conta do uso de drogas e álcool, que fizeram dela um lixo física e psicologicamente. Quem a levou para tal degradação? Seu próprio Marido!

Whitney Houston, cantora, talentosa, com estilo único e com uma carreira brilhante no passado e com uma perspectiva de muito sucesso. No entanto, sua vida foi um caos total por conta do uso de drogas e álcool, que fizeram dela um lixo física e psicologicamente. Quem a levou para tal degradação? Seu próprio Marido!

A história destas grandes artistas são realmente muito semelhantes. Há alguns anos atrás, Whitney vivia na mesma situação que a Amy, afundada nas drogas, destruída e acabada. Sua vida parecia uma contagem regressiva e muitos já apostavam o dia da sua morte (assim como existe na internet um “bolão” prá descobrir a data da morte da Amy Winehouse).

Whitney teve muitos dias de glória, ganhou tantos prêmios que entrou até para o Guinness Book como a artista mais premiada na história, detém vários records e um apelido que resume todo o seu talento “A voz” (ou “The Voice”).

Whitney tomou uma das decisões mais difíceis da sua vida, se separou do seu esposo que era um completo atraso de visa, recebeu o apoio de Clive Daves, seu produtor e uma pessoa que mudou completamente a vida a sua vida, recebeu apoio de amigos, fez um tratamento anti-drogas com um consultor que tratou também de Courtney Love (ex de Kurt Cobain, Nirvana), sua família também apoiou e deu forças para ela durante todo este processo. Posso resumir a decisão da Whitney em apenas uma: escolher as pessoas certas para se relacionar!

Amy Winehouse precisa saber que a decisão mais importante da vida dela é escolher as pessoas certas, certamente existem amigos e parentes sérios, que querem o bem estar dela e que ela tenha uma carreira ascendente e brilhante. Ela pode, só precisa fazer esta escolha, que não é fácil, mas que certamente proporcionará à ela uma vida muito mais feliz e equilibrada.

Amy, aprenda algo com a Whitney, ela venceu as drogas, deu a volta por cima e irá lançar um novo álbum e uma turnê em 2009, assinou o contrato mais caro com uma gravadora (100 milhões de dólares) e seus fãs estão felizes com sua volta e com sua recuperação.

Você pode o mesmo.

No vídeo abaixo, veja a emoção de Celine Dion ao ver o retorno de Whitney Houston aos palcos.

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato