artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Terça - 25 de Abril de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


O FILHO DO MEIO - II

Por: EDSON TALARICO

O FILHO DO MEIO – Parte II

 

Já repararam ? O Filho do meio é o mais velho dos mais novos. Conseqüências:

 

Não é o caçula, que é o mais bonitinho, o pequerrucho da mamãe...

O engraçadinho...

O que rouba a cena... que é o centro das atenções...

 

Se ele engasga, você (do meio) é que deu comida muito depressa...

Se cai da escada ou tropeça quando anda, você (do meio) é que não teve cuidado...

Se está sujo (cagado), você (do meio) que não limpou...

Se ele chora, você (do meio) que beliscou...

 

Às 6 horas da manhã, você (o mais velho dos mais novos), apesar de seus 8 (poucos) anos , tem que andar 1,5 a 2 km prá buscar leite na Chácara do Dr.Neves prá todo mundo. 

Geralmente o leite chegava pela metade porque o latãozinho vinha batendo na perna e derramando pelo caminho.

Um dia, todo contente, ao chegar no alto da escada em frente à casa, gritei: “Hoje não derramei nada, e.... “

Rolei escada abaixo, eu de um lado, latão de outro...

Depois de umas palmadas na bunda, voltei, quente ainda, prá buscar outro latão, porque os mais novos não ficavam sem tomar leite...

 

Num desses dias durante o inverno, ao sair para buscar o leite, vi minha irmã (Helen) sentada na beirada do fogão de lenha enrolada na minha única blusa. Não sei se por pirraça ou porque tava muito frio, bati o pé e não ia de jeito nenhum se ela não me desse a tal blusa. Não teve jeito, quando minha mãe me ameaçava eu corria prá estrada e empacava... resmungava e não ia...

Ela resolveu... Acabou com 1 touceira (moita) de vara da beira do caminho e eu fui, quente ainda, buscar o leite pros mais novos...

 

Para ter idéia melhor leiam o episódio: A bicicletinha!!!
COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato