artigos acontece nossa arte humor dialeto o comédia & o truta histórias para refletir
Sexta - 18 de Agosto de 2017
COLUNISTAS 
@ SANDRA LOURENÇO
@RR RODRIGUES
Ademiro Alves (Sacolinha)
Alberto Lopes Mendes Rollo
Alessandro da Silva Freitas
Alessandro Thiago da Silva Luz
Alexandre M. O. Valentim
Ana Carolina Marques
Antony Chrystian dos Santos
Carla Leite
César Vieira
Cíntia Gomes de Almeida
Claudia Tavares
EDSON TALARICO
Eduardo Souza
Elias Lubaque
FAEL MIRO
Fernando Alex
Fernando Carvalho
Fernando Chaves dos Santos
Flávio Rodrigues
Garoto Loko (IT)
Gisele Alexandre
Henrique Montserrat Fernandez
Ivan de Carvalho Junqueira
Jack Arruda Bezerra
Jean Jacques dos Santos
João Batista Soares de Carvalho
João Henrique Valerio
JOEL BATISTA
Jonas de Oliveira
Jose de sousa
Júnior Barreto
Karina dos Santos
Karina dos santos
Leandro Carvalho
Leandro Ricardo de Vasconcelos
Leonardo Lopes
Luiz Antonio Ignacio
Marcelo Albert de Souza
Marco Garcia
Marcos Lopes
Maria de Moraes Barros
massilon cruz santos
Natália Oliveira
Nathalia Moura da Silva (POIA)
NAZARIO CARLOS DE SOUZA
NEY WILSON FERNANDES SANTANNA
Rafael Andrade
Rafael Valério ( R.m.a Shock )
Regina Alves Ribeiro
Rhudson F. Santos
Ricardo Alexandre Ferreira
Rodrigo Silva
Silvio Gomes Batisa
Sônia Carvalho
Teatro nos Parques
Thiago Ferreira Bueno
Tiago Aparecido da Silva
washington
Wesley Souza
Weslley da Silva Gabanella
Wilson Inacio

APOIADORES 


Todo o conteúdo do portal www.capao.com.br é alimentado por moradores e internautas. As opiniões expressas são de inteira responsabilidade dos autores.


Sentimentos de um vida loka

Por: Garoto Loko (IT)

3 da madrugada e mais um vida loka chega na caminhada
do serviço pra quebrada é so teste de fé
na ida ou na volta
pelas vias da 9 de julho, mil fitas
mil pensamentos, mil conflitos
o bem estar é quase nenhum
lagrimas contidas que o transforma
num homem bomba, revolta, determinação?
nao sei, so sei que eh assim
dificil falar de si mesmo
seja sol ou chuva, nada muda no lado esquerdo do extremo sul do mapa
pela janela so se ve cimento e um clima frio
frio tambem eh as pessoas, correria pelo moeda
pela familia, pelos truta, pelas mina
o objetivo as vezes eh um ou nenhum
sua mente vai virando uma granada
pelas esquinas bares cheios, coracoes vazios
os quem tem muito recurso e os que nao tem nenhum
os que sobrevivem com pouco e os que nao sao feliz com muito
tem quem queira tudo e nao consegue nada
eh embassado ve se nao eh
acende o cigarro, pinga no copo, farinha, doce, baseado
cansado, drogado , desacreditado
o vida loka sabe o quer, mas senti um peso
trava os dentes, conecta as lenbrancas
da infancia, da adoslescencia, do fase adulta
lembra da mae, do pai, dos que se foram e dos que tao lado a lado
a religiao eh so uma maneira de experessar
de buscar a Deus e continuar ou nao, sera? talvez...
muitos que tentaram, ameaçaram sua vida e nada conquistaram
ele ta de pe, cheio de remendos, mas nao esta bem
o mano da rua de tras que acusa e diz que ele cato sua mulher
mo falha, sem sentido, sem porque
outro que vem cobrar a fita de torcida, mo treta
nao para, ele se defende como da, moro....
o sorriso ja nao eh mais o mesmo, a coragem mudou
ele busca refugio num lugar que ele ainda nao encontrou
da cidade de origem ficou uma imagem, fraca, desgastada
nos lugares e cidades de escolha, ficou a fama, o respeito
a imagem de criolo chave, cheio de marra e q nao abaixacabeça pra nada
nenhum homem vive sem mulher, ele tambem nao
seja teve a que quis, sempre dominou e marcou...
sempre teve preferencia e admiracao
pelo seu jeito atencioso, carinhoso e esforçado
as vezes o veem ate a mais, ate o que ele nao eh
pela primeira vez ele se sente refem
Deus que confiou na mulher e foi decepcionado
a historia continua e ele se mantem desconfiado
sabe que as mina tem uma tatica, um jeito de enganar
um charme, um perfume e atração de sobra pra conquistar
ele ainda faz sucesso, olhar fixo e estilo
mesmo assim nada o agrada, nada satisfaz
depois que uma mulher entrou no seu pensamento
ele tenta escrever, fazer grafite
mas o tempo nao passa e o relogio da vida parece dinamite
muitas vezes tem raiva de si mesmo
sabe do que eh capaz, olha pra tras e ve o quanto caminhou
mas a mulher lhe tirou o equilibrio, noites em claro
ele mantem o estilo durao, nao da boi, nao procura, nao se declara mais
mas o sentimento nao sai, ele tenta, persiste
sabe que no fundo ela nao precisa dele
isso encomoda, entristece, ele queria mais
ele queria ser parte dela e ela dele
ela faz tudo sem consultar, eh bonita, causa tesao, sabe escutar
tem paciencia, usa o mesmo cheiro que o dele
mas tambem eh esquisita, fria, nao demonstra ciume
nao corre atras dele, quando muito faz o telefone tocar
em momentos diversos que ele ta alegre ou pra baixo
olha e pensa se atende, quer ouvir a voz, mas quer mais que isso
ele quer proteger, cuidar, tem um ciume que nunca teve
a mina reclama do que nenhuma outra conseguiu causar
a cada dia que passa o vida loka ve que a vida dela continua
a sua caminhada eh lenta e sem animo
nao sabe o que aconteceu, muitas vezes se pergunta: quem sou eu?
voce sabe que apesar da funcao
o vida loka tambem ama, trabalha e quer familia
ela diz que o quer, mas nao passa segurança
tudo que faz eh em segredo e nao permite acesso
o vida loka fica em panico, atordoado, amuado
tenta escrever, mas o silencio da noite parece que vai lhe enlouquecer
ele repete, tenho que renovar, tenho que tentar outra
cata o celular, procura na agenda e manda mensagem
as paquitona retorna, fala o que ele queria ouvir e pedi uma chance
ele fica pensativo, mas nao eh isso, ele nao sabe enganar
a sinceridade que ele tem muita das vezes atrapalha
desliga o fone e vai no peao pela vila
se sente em 3,4 e 5 plano
isso lhe atinge de uma forma cruel
deita, levanta, bebe, fuma, a casa eh uma zona
as drogas cada vez mais toma conta do seu corpo
sente dores e sabe que precisa parar
pensa nas honestas pessoas que lhe admiram
tenta confiar, crer que vai surgir alguem pra lhe acompanhar
mas demora, respira fundo de tanto esperar
o sofrer nao eh por sentimento
eh por decepção, de olhar e se questionar: me dedico tanto...
nunca desisto de ninguem, mas quase todos desistem de mim
uma voz de fundo insiste em lhe dizer que eh um erro
tenta pensar positivo, desejar uma mina imprevisivel
ele adora adrenalina, adoro atitudes solidas
adora continuidade, gratidao
eh extremamente louco pela mina q se declara
que abraça, beija e fala: sou louco por aquele cara
acha o maximo, olha os casais mundao a fora
acha perfeito quando uma mulher joga tudo pro alto
cuida, acompanha, sem medo, sem planejar, sem se importar com o que vao falar
sao poucas as guerreira de fe,que ta lado a lado mesmo na dificuldade
que nao pensa em terminar, que nao permite que brigas sejam maior q o gostar
quando ele escuta: eu dependo de você! eu preciso de você!! ele nao resiste!
ja teve de tudo, dinheiro, carro, roupa, casa e luxo
perdeu tudo , mas manteve o carater
ajuda varios, passa otimismo
mas ha alguns meses nao consegue se ajudar
nao ve perspectiva, senti falta da mae e do pai
mas sabe que o tempo de filho ja passo
quer ajuda, mas nao sabe como
imagina mil pessoas, mas nao sabe quem pedir, como pedir
emagrece, nao se preocupa com aparencia nem estado das roupas
bate a vontade de voltar pros corre
da a vida pelo paralelo, pelo ilegal
se comove com a injustica social
mas pouco pode fazer, o que pode faz
por todo canto ve e senti a mina que ele queria ter
pensou em casamento, comprou alianças, juntou dinheiro
imaginou vestido e no dias o plano fico falido
ao memso tempo que o vida loka ainda gosta senti raiva
raiva de saber que ela esta feliz e continua a vida a merce
ainda existe escova de dente pela casa, fotos e outras coisas
se ele for falar pra alguem como se senti, nao vai conseguir mais parar
um livro so nao cabe
lamentacao nao combina com ele, mas nao consegue mais guardar
pensa numa saida, numa solução
repete que nao pode lutar por quem nao precisa da sua presença
a cama eh muito grande, o futuro parece que deixou de existir
liga um filme, o filme dela que ficou no dvd
volta a imaginar, como eh da hora, as historias que consegue continuar
adora mulher ciumenta, que birra ´pelo que eh seu ...
da hora quando uma mulher de viagem marcada, desiste na sala de embarque
bate na porta e fala voltei, nao consegui ir sem voce
para de brisar e fala que historia perfeita so nos filme mesmo
isso nao existe mais..
pensa no time do coração, planeja formar linha de frente
brigar por bandeira, faixa ou bandeirao, cantar, agitar
nos baile de rap onde so tem preto e preta e a maloka do gueto
as mina humilde de saia e cabelo crespo, usando bombeta
sem se preocupar em exibir o corpo
se força a pensar em voltar a estudar, mas sabe que eh so plano em vao
pensamento que nao ganham força no outro dia
pessa mal, senti dor, sabe que nao tem ninguem pra lhe atender
liga o radio, toca tim maia, muda de estacao, racionais, thaide
ate sintonar projota e facção, dina di, slim rimografia toca no refrao:
ela é zika é, eh mulher da minha vida
deveria ser proibido, lei, gostar mais do que a outra pessoa
deveria ter um chip, um botao
pra ninguem depender de quem NAO depende de voce!

COMENTÁRIOS


Colaborações deste autor:
Para ver todas as contribuições deste autor, clique aqui.

institucional capão redondo política de privacidade newsletter colunistas contato